AMD anuncia processadores Ryzen Threadripper de segunda geração

A AMD anunciou a segunda geração de processadores Ryzen Threadripper. Confirmando os rumores os processadores serão comercializados numa novidade opção de caixa espetacular, que faz segmento do que a AMD labareda de “CPU Experience”. Essa família de chips é baseada na microarquitetura Zen+ e processo de fabricação de 12nm da GlobalFoundries. O socket e o chipset são os mesmos da primeira geração, TR4 eb X399, respectivamente.

O lineup conta com 4 modelos, que são classificados de duas formas: WX – voltado para produtores de texto / X – voltado para entusiastas e gamers. Todos eles contam com multiplicador desbloqueado, suporte para memórias DDR4-2933 (quad-channel), e 64 pistas PCIe 3.0. A quantidade de cache L3 pode varia entre 32 e 64 MB, e o TDP entre 180W e 250W.

AMD Ryzen Threadripper WX:

Temos cá dois modelos, os mais poderosos da família. O coche-superintendente é o Ryzen Threadripper 2990WX, que conta com zero mais zero menos que 32 núcleos e 64 threads. O preço de lançamento será de US$ 1.799 – mais barato que o Core i9-7880XE (18 núcleos / 36 threads), lançado no ano pretérito por US$ 1.999.

No slide divulgado pela AMD há uma verificação entre esses dois processadores em alguns softwares famosos uma vez que o Cinebench e o Blender. O chip da AMD consegue entregar até 47% mais performance.

O clock base do 2990WX é 3 GHz, o boost clock é de 4.2, há 64 MB de cache L3 e o TDP é de 250W.

Logo em seguida, com 24 núcleos, 48 threads e com preço sugerido de US$ 1.299, temos o Threadripper 2970WX, que opera com os mesmos clocks do 2990WX. O TDP e a quantidade de cache L3 também são os mesmos.

AMD Ryzen Threadripper X:

Para os gamers e enstusiastas de plantão a segunda geração de processadores Threadripper também conta com 2 opções. Seguindo basicamente o que já tínhamos visto na primeira geração, porém agora em uma versão atualizada, que se beneficia da microarquitetura Zen+, um refresh da Zen. 

O padrão mais poderoso é o Ryzen Threadripper 2950X, que assim uma vez que a principal CPU da primeira geração, o 1950X, conta com 16 núcleos e 32 Threads, porém com clocks mais elevados. Enquanto o Ryzen Threadripper 1950X entrega clock base de 3.4 GHz e boost clock de 4.0 GHz, no 2950X o clock base é 3.5 GHz e o boost clock é 4.4 GHz. 

No slide de verificação de performance, o Ryzen Threadripper 2950X, que tem preço sugerido de US$ 899 é disposto lado a lado com o Core i9-7900X (10 núcleos / 20 threads), lançado no ano pretérito por US$ 999. O melhor resultado do processador da AMD foi registrado no software de benchmark Cinebench R15 Nt. 

Logo em seguida temos o Rzen Threadripper 2920X: 12 núcleos, 24 threads. O clock base é de 3.5 GHz, o boost clock de 4.3 GHz. O preço sugerido é de US$ 649. Tanto o 2950X quanto o 2920X contam com 32 MB de cache L3, e TDP de 180W. 

O Ryzen Threadripper 2990WX já está em pré-venda nos revendedores oficiais e suas entregas começarão em 13 de agosto. O lançamento do Ryzen Threadripper 2950X está programado para 31 de agosto, enquanto os chips Ryzen Threadripper 2970WX e Ryzen Threadripper 2920X estarão à venda somente em outubro.


Siga o Hardware.com.br no Instagram

Todos os direitos reservados a guiatech

Leave a Comment